Oi, springers. Tudo bem?
Estava com tanta saudade de escrever no blog… Estou adorando que tenho conseguido tirar inspiração de coisas que tenho vivido para produzir conteúdo. E o post da vez é sobre o filme O Rei Leão.

Mas se você pensou que vim aqui fazer uma resenha, se enganou. Acho que quase todo mundo sabe essa história, né? Assisti a versão em desenho quando tinha cinco anos (surreal, né?) e, desde então, este é meu filme favorito da Disney. Mas quando somos crianças achamos a história fofa, o filme legal e só, né? Então ver este filme de novo, na versão live action, foi importante, não só pelo significado que ele tem, mas também pelas lições que ensina. Inspirada em tudo o que aprendi assistindo ao longa, resolvi fazer este post com as maiores lições de O Rei Leão.

1) Um líder não pensa só em si mesmo
As pessoas sonham em ter poder, serem grandes, mas esquecem que um líder de verdade, antes de pensar nele, precisa pensar no outro, ajudando as pessoas as quais ele lidera a crescer, a encontrar o equilíbrio. Um bom líder não abusa da autoridade, ele estimula as pessoas a desenvolverem aquilo que tem de melhor.

2) As diferenças existem e precisam ser respeitadas
Durante a conversa que Mufasa tem com o Simba sobre ser rei, ele diz que um rei precisa respeitar todas as espécies. Aí o Simba diz “até os Antílopes? Nós comemos eles!” e o Mufasa explica que eles comem os Antílopes, porém, quando os leões morrem, eles viram grama e servem de alimento para os Antílopes. A lição maior aí pra mim é respeitar o espaço do outro. Estamos sempre ligados, qualquer atitude que tomamos pode, sim, interferir na vida do outro e até mesmo voltar pra gente.

3) O seu passado não te define
Pela mentira do seu tio, Simba quase fica sem voltar ao seu lugar de origem e ser rei. Por muito tempo ele nega quem ele é e de onde veio por um fato que ficou no passado. E a questão é que todos nós erramos o tempo todo e isso não deve nos definir, muito pelo contrário, deve servir de aprendizado para os próximos passos rumo ao futuro.

4) Não tem o que fazer? Hakuna Matata!
“Os seus problemas, você deve esqueceeeer… Isso é viver, é aprender…”
Essa não é só a melhor música de um filme, mas também uma lição de vida, porque, muitas vezes, as coisas acontecem e não há nada que possamos fazer para mudar, então que tal mandar um hakuna matata, o que nada mais é do que deixar rolar.

Espero muito que vocês tenham gostado deste post. Assisti o filme no último sábado a convite do Parque Shopping Barueri e gostei tanto que fiquei com uma vontade de enorme de escrever este post que, de alguma forma, espero que tenha tocado o coração de vocês e feito pensar.